Como organizar uma noite de queijos e vinhos

Às vezes a gente tem vontade de organizar uma festinha mais intimista com poucos amigos ou só a família, não é? Mas ao mesmo tempo não quer ter todo o trabalho de cozinhar, e pensar em pratos, procurar receitas e ter todo o trabalho que é organizar uma ocasião especial, não é mesmo? Uma ótima sugestão para ocasiões como esta é uma noite de queijos e vinhos, que é simples, dispensa preparos muito arrojados, mas é delicioso e muito sofisticado. Ah, mas você não sabe nada sobre queijos ou vinhos? Vem comigo que vou te ensinar um truques perfeitos que vão fazer você parecer um sommelier mettre du fromage!

No meu aniversário desse ano eu não quis fazer uma festa nem almoço com amigos como sempre faço, quis fazer uma coisa pequena só com a família, mas não queria que fosse só mais um almoço em família, e daí nasceu a ideia da noite de queijos e vinhos. Eu também não entendo muito, nem de queijos nem de vinhos, mas aprendi que esse é um obstáculo muito fácil de superar!

Comece escolhendo os queijos

Existem vários tipos de queijos, mas para nós que estamos aprendendo o básico vamos classificar em 3 tipos de queijos (excluindo os frescos): Os azuis (gorgonzola, roquefort, danish), macios (brie, camembert, catupiry) e queijos duros (ementhal, gouda, gruyère, edam). Aqui chegamos em um ponto importante: quantos tipos de queijo você quer servir? Você pode servir um só, dois ou os três, mas tem que ter em mente que quanto maior a variedade de queijos que você deseja servir, maior a variedade de acompanhamentos que você terá de combinar. Eu servi gorgonzola, brie, ementhal e gruyère, e apesar de tudo ter saído muito bem, admito que teria sido bem mais fácil servir um só, mas isso te muito a ver com os tipos de queijos que você e seus convidados gostam. Organizar uma mesa de queijos também é descobrir novos sabores e aprender a apreciar cada tipo de queijo.

Em seguida escolha os vinhos

A partir dos queijos que você escolheu você vai escolher os vinhos que harmonizam. Mas o que é harmonizar afinal? Harmonizar é balancear a acidez entre os gostos dos vinhos e dos queijos. Mas para isso a gente teria de ser grandes conhecedores de vinhos e queijos, certo? Errado! Vou deixar aqui em baixo uma tabelinha de queijos e vinhos que combinam. Mas adianto de antemão que não precisa ficar muito encanado com a harmonização. Se você está servindo mais de um tipo de queijo seu convidado não vai trocar o tipo de vinho que está bebendo cada vez que for se servir de um queijo diferente. Mas se você quiser fazer muito combinandinho sugiro que sirva só um queijo, ou que encontre tipos de queijos que combinem com os mesmos vinhos. Nisso a tabela aqui de baixo pode te ajudar bastante.

Escolha os acompanhamentos

Agora você decide o que vai acompanhar os queijos. É de bom tom servir pães, frutas secas, geleias, azeites, mel. Mas também é interessante provar os queijos que vai servir antes e combinar os sabores. E isso também podemos separar em algumas categorias:

Pães – é legal servir mais de um tipo, para que seus convidados fiquem a vontade para fazer combinações. Pão australiano por exemplo combina muito bem com gorgonzola, torradinhas vão bem com brie, e por aí vai.
Frutas – combinam muito bem com os sabores dos queijos, e podem ser usadas frescas, como uvas, morangos e figos, e também secas, como damasco, cramberries, tamaras e ameixas secas. Além de possibilitar novas experimentações são ótimas para decorar tábuas e mesas.
Proteína – é super importante combinar algum tipo de proteína, porque sempre tem aquele chato que não curte muito queijo. Mas pra nossa sorte temos o salame e o parma que caem super bem com queijos.
Crocantes – é legal por algumas coisas crocantes como biscoitos, crakers de arroz e castanhas torradas, como nozes, pistache ou amêndoas, ou mesmo o bom e velho amendoim. Esses combinam muito bem com os queijos macios.
Outros – azeitonas, azeites, mel e geleias são muito bem vindos como acompanhamentos, o que você achar que pode realçar os sabores do queijos, não tema em usar.

Por fim tenho algumas dicas preciosas:

A quantidade recomendada de queijos é 250g por convidado, pense que é sempre melhor sobrar queijos gostosas na sua geladeira do que faltar no seu evento.
Os queijos devem ser servidos em temperatura ambiente, portanto retire-os da geladeira mais ou menos meia hora antes dos seus convidados chegarem.
Deixe para comprar os queijos o mais próximo possível da data, o queijo fica maturando até ser partido, e quando é partido (e posto nas embalagens que encontramos nos supermercados) ele param de maturar e começam a estragar, então tome muito cuidado.

Aproveite a noite de queijos e vinhos e não deixe de contar para a gente quais dicas foram úteis na montagem da sua noite especial!!

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *